google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Vinland Saga Volume 4 Resenha

Atualizado: 23 de abr.

Vinland Saga Volume 4 Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: Após presenciar a morte de seu fiel servo e sofrer uma tentativa de assassinato, Knut passa por uma enorme transformação e decide enfrentar o Rei Svein. Para tomar o trono e mostrar ao pai que não é mais um garoto tímido e ingênuo, Knut, aliado a Askeladd e a Thorkell, terá de bolar uma estratégia e driblar as armadilhas em torno do reinado da Dinamarca e da Inglaterra.

Resenha: Esse volume me pareceu o mais tranquilo até agora. Sem muita ação e luta, a história vai abordar a guerra através de acordos. Os guerreiros de Askeladd estão em uma encruzilhada e precisam de ajuda. O mangá aborda um pouco mais esse lado político da guerra.

Os jogos de interesse e acordos não deixam de ser assustadores e cruel. Eu estou impressionado com a arte do mangaká Makoto Yukimura, esse volume eu reparei melhor nos traços realistas do personagem, eu acredito que o volume 4 dá mais ênfase nisso, que arte linda, é tudo muito incrível.

O resgate ao príncipe trará mais uma vez o contraste da guerra, pois esse personagem é delicado, os soldados até acham que ele é na verdade uma princesa, ele não fala e é tímido. Óbvio que ele é considerado um covarde em um bando de homens "machão".

Os personagens que contrapõe essa ideia da guerra, têm um contraste tão grande, que são vistos muito mais como heróis do que os próprios "heróis". Thorfinn é um personagem que até o momento não me cativou muito. O volume 4 de 'Vinland Saga' termina de uma maneira muito triste e profunda também.

Nota: 8

Comments


bottom of page