google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Valiant Entertainment publica e exclui vaga de emprego para IA

Atualizado: 20 de mar.

Valiant Entertainment publica e exclui vaga de emprego para IA

O amplo universo Valiant interconectado se tornou um pilar dos quadrinhos indie duas vezes: primeiro após seu lançamento no início dos anos 1990 e outra vez durante um período de relançamento a partir de 2012. Tendo sido adquirida pela DMG Entertainment em 2018, a produção de quadrinhos da editora diminuiu a um ritmo antes de cessar completamente. Apesar de um acordo de licenciamento garantir o retorno dos personagens de Valiant no final deste mês, Valiant se vê no noticiário por um motivo totalmente diferente.


Os fãs notaram que a empresa - após meses de silêncio - compartilhou uma vaga de emprego na ArtStation. De acordo com a postagem, Valiant estava procurando por "Generative AI Video Artists". Até a noite de sábado, a postagem ainda estava no ar no site. No domingo, no entanto, a vaga foi removida completamente do site. A vaga de emprego era ampla, na medida em que uma descrição de emprego ou explicação do que era exigido do cargo era mínima. Nenhum comunicado não foi disponibilizado até o momento da publicação.


A inteligência artificial chegou para ficar, mas ela parece que não está agradando todo mundo. Nos comentários da postagem no X da Comic Tropes, que você confere abaixo, muitos não gostaram que a editora esteja usando inteligência artificial em seus trabalhos. Muitos comentários defendem que há muitos artistas que podem, muito bem, fazer o trabalho e outros até "cancelando" a editora.


Não é a primeira vez que a Valiant se vê envolvida em polêmicas nos últimos anos. Em 2022, a editora tentou entrar no incipiente espaço NFT/Web3 com quadrinhos digitais, que acabou levando à demissão da maioria de sua equipe. O que vocês acharam sobre essa vaga de emprego?


Comments


bottom of page