google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Uma Longa Queda Crítica

Uma Longa Queda Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: Na noite de Ano Novo, quatro pessoas solitárias se encontram no topo de um prédio. Curiosamente, todos têm o mesmo plano: cometer suicídio. Diante da ironia da situação, eles se tornam amigos, e fazem um pacto: nenhum deles se matará até o Dia dos Namorados, em fevereiro. Nos meses que se seguem, os quatro acabam ajudando uns aos outros.

 

Crítica: O filme não sabe se quer ser uma comédia, uma peça de moral ou um conto de advertência sobre ter cuidado com o que deseja. Essa perda de tempo tola, esboçada por Jack Thorne e dirigida por Pascal Chaumeil, tem uma excentricidade britânica desanimadora e inexplicável.

 

Tendo explorado descaradamente o suicídio como um artifício da trama, o roteiro passa a dar a seus personagens razões para viver, oferecendo todos os tipos de oportunidades de vínculo implausíveis.

 

O personagem de Pierce Brosnan arruinou sua vida após um escândalo de pedofilia, Toni Collette se sente "desamparada", Imogen Poots provavelmente só quer atenção e Aaron Paul parece chateado porque 'Breaking Bad' acabou.

 

'Uma Longa Queda' é um caso clássico de direção excessiva. Arrastado em clichês estúpidos, os personagens riem demais, eles tiram férias juntos e em algum momento, esses personagens suicidas literalmente dançam 'I Will Survive'. A emoção do filme é vítima de uma péssima produção cinematográfica.

 

'Uma Longa Queda' é um filme que teme o seu tema: a depressão suicida. Não há um perigo real ou urgência na situação desses personagens para lutar contra seus demônios antes de matá-los, a falta de senso de que essas pessoas podem realmente acabar com suas vidas esgota o drama. O filme não liga para a dor. Não dá atenção a isso.

 

Com sua música animada e com uma produção que se contenta em ser bonitinha, alguns acharão o filme adorável; o resto ficará com vontade de cortar os pulsos. Não há momentos de ternura e falta emoção honesta no frustrante 'Uma Longa Queda', é preciso muito esforço do telespectador para comprar a ideia do filme.

 

Nota: 3




Kommentare


bottom of page