google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Um Conto de Natal dos Muppets Crítica

Atualizado: 3 de dez. de 2023


Um Conto de Natal dos Muppets Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: Na véspera de Natal, o velho avarento Ebenezer Scrooge (Michael Caine) recebe uma visita inesperada: o fantasma de Jacob Marley. O espírito avisa para Scrooge que se ele continuar com suas ações, vai enfrentar as consequências após a morte. Com as visitas dos fantasmas do passado, do presente e do futuro, ele tem a chance de transformar a sua vida. Versão dos Muppets do clássico livro 'Um Conto de Natal', de Charles Dickens.

Crítica: O primeiro longa-metragem Muppet desde a trágica morte de Jim Henson em 1990, 'Um Conto de Natal dos Muppets' é uma mistura de humor. A melancolia da fábula sazonal frequentemente filmada de Dickens entra em conflito com os Muppets com sua amável anarquia habitual.

Na obra original, os espíritos do Natal passado foram projetados para transformar Scrooge de um velho rabugento em uma figura trágica. 'Um Conto de Natal dos Muppets' deixa um pouco a importância desses personagens, escolhendo um caminho mais superficial e não entregando um trabalho eficaz.

O filme poderia ter funcionado melhor se fosse um caso totalmente Muppet (talvez com Kermit como Scrooge). O roteiro também reduz muito as visitas noturnas, presumivelmente para evitar crianças chatas e outras com falta de atenção. Embora isso acelere o ritmo da história, a escolha acabou diminuindo o personagem de Scrooge.

O Scrooge dessa versão está indiscutivelmente entre as quatro ou cinco melhores interpretações de tela do infame avarento, mas forçá-lo a jogar contra os Muppets não apenas diminui seus esforços, mas reduz toda a produção ao nível da pantomima.

Os valores de produção são aparentemente altos, que entregam uma era Londres vitoriana aceitável. Brian Henson faz um trabalho de direção fluido, senão espetacular. As canções composta por Paul Williams são repetitivas e em alguns momentos deixam o filme chato. O final do filme é apressado entregando um final feliz forçado.

'Um Conto de Natal dos Muppets' não é terrível, mas é retumbantemente moderado, com canções meramente aceitáveis ​​de Paul Williams e apenas risadas reais ocasionais. A evolução do personagem de Scrooge é insuficientemente temperada com alívio cômico. É o tipo de filme familiar de alto conceito que pode ser realizado a cada temporada de Natal. Um Conto de Natal dos Muppets Crítica


Nota: 6

Comprando com o meu link, você ajudará na permanência do meu trabalho.


bottom of page