google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Shazam! Crítica

Shazam! Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: Billy Batson (Asher Angel) tem apenas 14 anos de idade, mas recebeu de um antigo mago o dom de se transformar num super-herói adulto chamado Shazam (Zachary Levi). Ao gritar a palavra SHAZAM!, o adolescente se transforma nessa sua poderosa versão adulta para se divertir e testar suas habilidades. Contudo, ele precisa aprender a controlar seus poderes para enfrentar o malvado Dr. Thaddeus Sivana (Mark Strong).

 

Crítica: Depois de anos assistindo aos heróis carrancudos da DC nos cinemas, a empresa finalmente deixa de lado o seu estilo sério e escuro, para apresentar um dos seus heróis, não tão conhecidos, com um estilo mais colorido e muito mais engraçado.

 

Como a indústria do entretenimento em grande escala, os filmes de quadrinhos têm confrontado o privilégio branco e masculino no coração do gênero, elevando as super-heroínas ao status de destaque e expandindo a cor e a cultura e 'Shazam!' acena nessa direção.

 

O filme, que foi escrito por Henry Gayden e dirigido por David F. Sandberg, é quase bobo demais, mas é um filme para crianças e sua bobice funciona muito bem aqui. A comédia funciona principalmente por causa da habilidade de Zachary Levi para efetivamente canalizar o espanto de Billy. Apesar de seu físico, Shazam ainda é um adolescente aprendendo a trabalhar seu novo corpo, junto com seus recém-adquiridos poderes divinos.   

 

Mark Strong interpreta um adequadamente vilão Dr. Thaddeus Sivana, mas é na trajetória de sua história, que 'Shazam!' fica atolado no mundo enigmático de monstros, magia e histórias em quadrinhos. Não é tão interessante, nem tão divertido quanto a jornada quase pastelão representada no resto do longa-metragem. 

 

'Shazam!' é uma história de origem, algo familiar na obra de filmes de super-heróis. Um pouco irregular, oscilando muito entre o alto e baixo, felizmente, o poder mais predominante que o filme possui é seu senso de humor, que funciona muito bem. 

 

Nota: 7



Comments


bottom of page