google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Um Ano Novo Danado de Bom Resenha

Atualizado: 15 de abr.

Um Ano Novo Danado de Bom Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: Uma pequena escrava reencontra suas três irmãs, que foram transformadas em pássaros, árvore e rio. Magia, suspense e emoção neste conto de encantamento.

Resenha: Angela Lago nasceu em Belo Horizonte, em 1945. É formada em Artes Plásticas, Ciências Sociais e Psicopedagogia Infantil. Dedica-se a escrever e ilustrar livros para crianças. Como ilustradora, participou de exposições em Bratislava, Belgrado, Barcelona, Tóquio, Munique, Paris, Bologna e outras cidades. Recebeu importantes prêmios nacionais e internacionais e foi candidata brasileira ao Prêmio Hans Christian Andersen de Ilustração em 1990 e em 1994.

'Um Ano Novo Danado de Bom' tem uma poesia linda, é uma história muito emocionante apesar de ser um conto super curto, a obra consegue dar aquela aquecida no coração. Os elementos de magia e fantasia dão um charme mais que emocionante à história.

Sobre a escrita e narrativa de 'Um Ano Novo Danado de Bom' eu só tenho que dizer que é tudo muito perfeito. As ilustrações infelizmente não virei muito fã, eu não achei a arte de Angela Lago algo extraordinário e as ilustrações não fazem um conjunto legal com a história.

Eu não costumo levar em consideração a edição e impressão dos livros em minhas resenhas, mas aqui vou ter que abrir uma exceção. Eu não curti a arte de 'Um Ano Novo Danado de Bom', mas a edição do livro não fez um bom trabalho ao utilizar a arte na diagramação, talvez isso tenha sido um fator a mais de eu não ter gostado muito das ilustrações.

A diagramação não só prejudicou a arte, mas também a escrita é tudo muito estranho e fora do lugar. 'Um Ano Novo Danado de Bom' teria funcionado muito bem em uma coletânea de contos e poesias, mas como um livro solo, infelizmente me deixou bastante desapontado.

O livro foge do óbvio e oferece um conto nacional com muita magia e fantasia, mas erra ao agregar sua história com uma arte que entra em uníssono com a escrita e o trabalho estranho da edição.


Nota: 5


Comments


bottom of page