google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Resenha: Amoras


Amoras Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Na música “Amoras”, Emicida canta: “Que a doçura das frutinhas sabor acalanto/ Fez a criança sozinha alcançar a conclusão/ Papai que bom, porque eu sou pretinha também”. E é a partir desse rap que um dos artistas brasileiros mais influentes da atualidade cria seu primeiro livro infantil e mostra, através de seu texto e das ilustrações de Aldo Fabrini, a importância de nos reconhecermos no mundo e nos orgulharmos de quem somos.

'Amoras' é um livro infantil muito bonito, uma ótima ferramenta para trabalhar a inclusão. O livro mostra referências religiosas de matrizes africanas e pessoas pretas importantes para a história.


Com versos e rimas simples, 'Amoras' provoca reflexões, além de apresentar as suas diferentes perspectivas. Porém o livro não é coeso em sua narrativa, as ideias são jogadas enquanto são guiadas pelas figuras e desenhos que inspiram representatividade.


Sem história, o livro vai ser difícil de agradar as crianças maiores, os mais pequenos vão curtir melhor as ilustrações. Sinceramente, eu fiquei um pouco desapontado com a obra. Com boas ilustrações, 'Amoras' não tem história e nem coesão, os pais provavelmente terão que se esforçar para que o livro se torne interessante.

Nota 4


Você pode comprar o livro abaixo.

Comprando com o meu link, você ajudará na permanência do meu trabalho.



bottom of page