google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Resenha: A Culpa é das Estrelas


Resenha A Culpa é das Estrelas
John Green, ele constrói uma história a partir da escuridão e do desespero.

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Na obra de John Green, ele constrói uma história a partir da escuridão e do desespero. Ele pega a tragédia do câncer e mergulha na vida de personagens que poderiam muito bem ser reais. O estilo de escrita do autor é único e ele é um escritor que não perde tempo com rodeios.

Esteja preparado para uma história de romance e raiva, emoção e humor, amizade e bravura, pois essa é a direção que seguimos enquanto John Green desenvolve a personalidade de um grupo de adolescentes que têm a coragem de trazer risos e lágrimas.

'A Culpa é das Estrelas' é escrita da perspectiva de Hazel e sua narrativa é realmente espirituosa e engraçada. Eu amo que tanto Hazel quanto Augustus aceitam tanto a doença que é uma parte tão importante de suas vidas. Nenhum deles tem pena de si mesmo, mas também não estão irrealisticamente bem com o que obviamente deve ser uma coisa altamente traumática de se passar.

Os personagens são francos, imperfeitos e ainda assim cheios de vida. Eu me senti esgotado e ainda energizado depois de ler este livro. Eles não perderam tempo e foram direto fazer o que queriam. Ambos estão determinados a viver suas vidas como adolescentes normais e é realmente triste vê-los lutando.

Escondidos dentro dessa força, eles também escondem a depressão e a desesperança enquanto se esforçam para proteger sua família e amigos, mostrando apenas sorrisos e força sempre que possível. Esses personagens são tão inspiradores e eu gostaria que mais pessoas tivessem sua força e visão de vida.

O que gostei de 'A Culpa é das Estrelas', é que não há muitos gestos românticos enormes ou qualquer coisa boba neste livro. Esta história revela as complexidades de cada personagem e compartilha suas personalidades além de suas doenças pelas quais as pessoas costumam defini-los. A coragem e o humor, a energia e o desespero mantêm você em uma montanha-russa de emoções.

'A Culpa é das Estrelas' é direto e escrito com tanta beleza, que é possível se emocionar muito, você passa a fazer parte dessa história. Eu não costumo gostar de leitura Young Adult, mas essa obra me cativou, pelo seu ponto de vista pouco comum de se abordar uma história de amor.

Através deste livro percebi que o câncer não atinge apenas as vítimas, mas atinge também todos aqueles que amamos. 'A Culpa é das Estrelas' é um belo e diferente romance e recomendo a todos que acreditam no amor e têm coragem de lutar por ele.

Nota 7

bottom of page