google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Resenha: Quem Pensa Enriquece - O Legado


Quem Pensa Enriquece - O Legado resenha
O livro exagera em seu conceito e seu ritmo não é muito agradável.

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

O 9º livro mais vendido de todos os tempos, que influencia líderes e empreendedores em todo o mundo, agora em uma edição especial atualizada para o século XXI. O clássico best-seller sobre o sucesso agora anotado e acrescido de exemplos modernos, comprovando que a filosofia da realização pessoal de Napoleon Hill permanece atual e ainda orienta aqueles que são bem-sucedidos. Um livro que vai mudar não só o que você pensa, vai mudar o modo como você pensa.

'Quem Pensa Enriquece: O Legado' é um best-seller há mais de 70 anos, ele tenta explicar por que algumas pessoas acumulam grandes fortunas enquanto outras não conseguem sobreviver. Desde o seu lançamento em 1937, este sempre foi o livro de referência para quem quer ficar rico.

O livro é composto principalmente de treze passos para o sucesso, que são essencialmente os capítulos principais que falam sobre coisas como o poder do pensamento, desejo, fé, auto-sugestão, conhecimento, planejamento, organização e persistência, todos os quais devem ser compreendido para obter o que se deseja. Além disso, alguns capítulos consistem em histórias da vida real da aplicação desses princípios. Afirmações de que grandes nomes como Henry Ford, Andrew Carnegie e Thomas Edison aprovam esse segredo.

A edição 'Quem Pensa Enriquece: O Legado' vem com mais história novas, algumas explicações, adaptações de dados e informações para os dias atuais e mais desenvolvimento referente aos fatos do livro, as muitas notas dão uma boa enriquecida (pegaram o trocadilho? Rsrsrs) na leitura.


“A fé remove limitações!”

Porém eu ainda achei o livro desatualizado, alguns dos exemplos e histórias ainda são velhos e não são muito relacionáveis. As novas histórias e as muitas notas do livro deixaram o livro um pouco exagerado em seu conceito e parece que o livro não vai acabar nunca. 'Quem Pensa Enriquece: O Legado' não tem um ritmo muito agradável, eu estava curtindo bastante os primeiros capítulos, mas quando vai chegando no final, o livro fica chato.

A narrativa de Napoleon Hill é persistente, parecendo um professor teimoso querendo que seus alunos saiam bem na prova. O autor traz pequenas pérolas de sabedoria distribuídas em cada capítulo que eram inestimáveis tornando a leitura uma grande ferramenta motivacional, mas eu achei o seu estilo de escrita um pouco desajeitado.

Napoleon Hill traz em 'Quem Pensa Enriquece: O Legado' fatos muito levemente baseados e comprovados na ciência, por isso tive a sensação de que ele estava inventando coisas às vezes. O livro está constantemente se vendendo, tornando a leitura um pouco prepotente, o que me desagradou bastante.


“Mais ouro foi extraído da mente dos homens do que da própria terra.”

O livro defende muito as atitudes e mudança de mentalidade, mas diferente de outros livros de auto-ajuda, ele também aperta na tecla do trabalho duro. Normalmente, vemos sempre um lado da moeda, ou seja, vemos apenas o sucesso das pessoas e suas conquistas, mas esquecemos de ver o trabalho duro e a determinação por trás dessas conquistas. O autor discute brevemente sobre esses trabalhos árduos e que força os fez persistir.

O autor diz que ao aplicar seus princípios se alcançará uma enorme quantidade de riqueza. Embora ao longo do livro ele fale sobre o dinheiro como objetivo final, esses princípios podem ser aplicados para alcançar qualquer tipo de objetivo. No geral, 'Quem Pensa Enriquece: O Legado' é uma ótima leitura motivacional, mas não fica muito longe dos livros tipo "pense positivo que tudo se resolve".

Nota 5

bottom of page