google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Palácio Iguaçu tem livro sobre sua história relançado

Palácio Iguaçu tem livro sobre sua história relançado

O Palácio Iguaçu é a sede do governo do estado brasileiro do Paraná e esta localizado no bairro Centro Cívico em Curitiba. Símbolo da arquitetura modernista completa 70 anos de inauguração em 2024. Em comemoração, o historiador Jair Elias dos Santos Júnior lançou a segunda edição do livro “Palácio do Iguaçu: Coragem de Realizar de Bento Munhoz da Rocha Netto”.


Palácio Iguaçu tem livro sobre sua história relançado

O evento foi no Salão de Atos do Palácio e contou com a presença de familiares de Bento Munhoz. A obra foi relançada 16 anos depois da primeira edição, com 200 páginas a mais, novas histórias e fotografias.


Com tiragem de 200 exemplares, a publicação contou com apoio da Michelangelo Mármores do Brasil, cujas pedras de mármore foram utilizadas nos revestimentos e ornamentos do edifício. Resultado de um trabalho de 12 anos de pesquisas, a obra de 550 páginas faz um passeio pela história do Palácio do Iguaçu. A primeira edição, lançada em 2008, vendeu 1.500 exemplares.


O Palácio foi idealizado no governo de Bento Munhoz da Rocha, que governou o estado na década de 1950, e sua inauguração ocorreu em 1953. Além do Palácio Iguaçu o projeto também previa a criação da Assembleia Legislativa do Paraná e diversos prédios públicos nas proximidades da sede estadual.



Em 14 de maio de 2007 a sede do governo foi transferida, temporariamente, para o Palácio das Araucárias, pois o Iguaçu passaria por reformas e no dia 18 de dezembro de 2010 (nas festividades de 157 anos da emancipação política do Paraná) o prédio voltou a sediar o executivo do estado.


Jair Elias dos Santos Júnior nasceu em Campo Mourão em 1974. Formado em História pela Faculdade Alvorada de Maringá, é autor de 19 livros que exploram a história do Paraná. Entre 2015 e 2016, foi chefe da Divisão de Cultura e Arte Popular da Prefeitura de Peabiru. É membro da Academia Mourãoense de Letras e ocupa, pela terceira vez, a presidência da instituição. Ele é também coordenador do Museu Municipal Deolindo Mendes Pereira.


Yorumlar


bottom of page