google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Os Livros Favoritos de Maya Angelou

Atualizado: 24 de mai.

Os Livros Favoritos de Maya Angelou dica de livro os livros favoritos dos famosos livro literatura leitor obra literária indicação do livro

“Qualquer livro que ajude uma criança a formar o hábito de ler, a fazer da leitura uma de suas necessidades profundas e contínuas, é bom para ela.”

Maya Angelou


Maya Angelou, pseud￳nimo de Marguerite Ann Johnson (St. Louis, Missouri, 4 de abril de 1928) foi uma escritora e poetisa dos Estados Unidos. Aos 15, Maya Angelou tornou-se a primeira motorista negra de ￴ônibus em São Francisco e tornou-se mãe solteira numa época em que isso não era comum.


Em anos posteriores, ela se tornou a primeira mulher negra a ser roteirista e diretora em Hollywood. Nos anos 60 tornou-se amiga de Martin Luther King Jr. e Malcolm X, vindo a servir na Conferência da Liderança Cristão do Sul com Dr. King, e a trabalhar anos para o movimento de direitos civis.


Maya Angelou teve uma carreira longa e distinta. Foi poetisa, escritora, ativista de direitos civis e historiadora, entre outras coisas. Também foi atriz, dançarina e cantora. Atuou na peça de Jean Genet, 'The Blacks', e no aclamado seriado, 'Roots', ganhador de um Emmy.


Maya Angelou morreu na manhã de 28 de maio de 2014. Ela foi achada por sua enfermeira. O legado dessa mulher e sua marca no mundo da poesia é inquestionável. Vamos conferir algumas dicas de livros dessa grandiosidade da literatura?


Mulherzinhas

por Louisa May Alcott


Fortes personagens femininas que marcaram e continuam a marcar gerações. Acompanhe as aventuras, dores, desilusões amorosas, perdas e aprendizados das irmãs March e descubra o que torna esse livro um dos mais queridos e relevantes da literatura mundial.



Um Conto de Duas Cidades

por Charles Dickens


Um conto de duas cidades aventura, romance e tragédia a serviços da crítica social. Dickens retrata as sociedades inglesa e francesa no período pré-revolução Francesa, abordando o impacto causado nas camadas sociais: o aristocrata, o burguês, o camponês, o malandro, o vagabundo. Contrapondo-se a eles, está o povo miserável de Paris e seus arredores, ora animalizado na pobreza qual os empurrou uma voraz aristocracia, ora plateia ensandecida do espetáculo dantesco de La Guillotine.



Homem Invisível

por Ralph Ellison


'Homem Invisível' narra a histó￳ria de um jovem negro que sai do sul racista dos Estados Unidos e vai para o Harlem, em Nova York, nos primeiros anos do século XX. Com o passar do tempo, entre experiências frequentemente contraditó￳rias, o protagonista conhece um mundo muito diferente daquele que idealizara. Invisível para brancos racistas e também para negros, ele deseja apenas ser como é.



Folhas de Relva

por Walt Whitman


Walt Whitman é considerado pela crítica mundial o maior poeta da literatura norte-americana. Sua obra-prima 'Folhas de Relva' (1885) é um dos pilares das letras modernas. Nela Whitman introduziu o verso livre e o tratamento poético das coisas cotidianas, dos progressos técnicos, da vida nas cidades e, com total franqueza, o sexo. Ao longo de quase quatro décadas, o autor trabalhou continuamente no desenvolvimento de sua famosa obra, até torná-la em um volume com mais de 500 páginas.


Comments


bottom of page