google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

O Restaurante no Fim do Universo Resenha

Atualizado: 30 de mar.

O Restaurante no Fim do Universo Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.


Sinopse: O que você pretende fazer quando chegar ao Restaurante no Fim do Universo? Devorar o suculento bife de um boi que se oferece como jantar ou apenas se embriagar com a poderosa Dinamite Pangaláctica, assistindo de camarote ao momento em que tudo se acaba numa explosão fatal?


Resenha: A continuação das incríveis aventuras de Arthur Dent e seus quatro amigos através da Galáxia começa a bordo da nave Coração de Ouro, rumo ao restaurante mais próximo. Mal sabem eles que farão uma viagem no tempo, cujo desfecho será simplesmente incrível.


Não morri de amores pelo primeiro livro da série, mas aqui estou dando continuidade a essa aventura maluca dos tripulantes da nave Coração de Ouro rumo ao restaurante no fim do universo. A história de ‘O Guia do Mochileiro das Galáxias’ ainda não me prendeu. Por vários momentos, meus pensamentos se desviaram da leitura e tive que reler aquele trecho. Ainda não está claro o objetivo da série.


‘O Guia do Mochileiro das Galáxias - O Restaurante no Fim do Universo’ traz uma narrativa muito divertida e intensa dos personagens principais. Uma das coisas mais legais dessa leitura, é o fato de poder imaginar a convivência de humanos e extraterrestres, compartilhando dos mesmos ambientes e trocando experiências.


‘O Restaurante no Fim do Universo’ me ofereceu uma leitura leve e divertida. Assim como no primeiro volume, aqui não há uma aventura incrivelmente empolgante, a sensação de se estar lendo um livro infantil ainda está no ar.


Eu achei essa história bem mais contida que nesse segundo volume. No primeiro livro os acontecimentos são aleatórios, a cada página uma coisa mais louca e imprevisível aconteceu, mas em ‘O Guia do Mochileiro das Galáxias - O Restaurante no Fim do Universo’ tudo é mais linear e o livro foca em abrir uma história para um terceiro volume, ao invés de entregar uma história completa.


O humor sagaz de Douglas Adams se repete na continuidade dessa história. Os momentos sem noção e lado cômico da escrita do autor é presente assim como no primeiro livro. Eu confesso que ainda não estou curtindo esse universo e tentando entender o porque ele é tão famoso, quem sabe até o fim da saga eu descubro.


Nota: 7


Comments


bottom of page