google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

O Grito Crítica

O Grito Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS

 

Sinopse: Em uma casa, uma maldição nasce após uma pessoa morrer em um momento de terrível terror e tristeza. Voraz, a entidade maligna não perdoa ninguém, fazendo vítima atrás de vítima e passando a maldição adiante.

 

Crítica: A reinicialização de 'O Grito' de Nicolas Pesce é certamente mais grotesca que o remake americano de Takashi Shimizu em 2004 de seu filme de terror em japonês 'Ju-On: The Grudge'. Nicolas Pesce traz imagens horríveis de cadáveres cheios de vermes, fantasmas vingativos pingando sangue, atos horríveis de violência e suicídios.

 

'O Grito' é traduzido através de uma paleta de cor amarelo doentio. As entradas lentas da câmera tornam-se menos assustadoras e mais difíceis. O filme tem um elenco incrível de atores, os desempenhos são mais fortes do que se poderia esperar. O diálogo desse terror é seco e sem inspiração.

 

Embora tente reviver a marca, incluindo novos ingredientes e sangue extra, 'O Grito' é em grande parte, uma reformulação sem novidades. Não há nada empolgante ou particularmente único, o filme é somente mais gore do que os outros filmes anteriores.

 

Essa trama complicada, com seus fluxos não lineares, parece um recauchutado do remake e um meio barato de aumentar a contagem de corpos e assustar as peças. Todo o salto para frente e para trás pode ser um pouco confuso. O drama policial do filme poderia ser uma forte arma para 'O Grito'  sair do clichê, mas só serviu para adiantar o que estava por vir na história.

 

O filme tem um pouco de foco em seus personagens, há uma tentativa de compartilhar seus dramas, doenças e medos do mundo real. Mas 'O Grito' rapidamente coloca essas preocupações de lado, a fim de se concentrar mais em suas ameaças de terror sobrenaturais. Como resultado, os personagens e a emoção de 'O Grito'  acabam apodrecendo junto com seus cadáveres.

 

As tentativas do filme de expandir a mitologia de 'O Grito' geralmente não funcionam, o filme parece ter ficado sem gás. 'O Grito' é involuntariamente ridículo, mas ainda é possível se divertir com ele.

 

Nota: 4



Comentarios


bottom of page