google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Nimona Crítica

Atualizado: 9 de mai.

Nimona Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: Acusado de um crime terrível, um cavaleiro pede ajuda a uma criatura para conseguir provar sua inocência. Mas o que acontece se ela for o monstro que ele jurou matar?

 

Crítica: Algumas emoções e temas convincentes são sugeridos, mas raramente bem expressos em "Nimona", uma fantasia de ficção científica animada, às vezes fofa, baseado na HQ de mesmo nome de ND Stevenson. O filme começa muito bem e prometendo muito, mas depois cai na mesmice.

 

Essa animação parece mais uma lista dramatizada de tiques estilísticos e batidas emocionais dos maiores sucessos dos estúdios de animação da Pixar e da DreamWorks. Há alguns trocadilhos levemente simpáticos para os adultos se divertirem um pouco também, piadas bobas e um monte de declamação raivosa sobre questionar a autoridade, ser fiel a si mesmo e outros clichês batidos.

 

A animação, no que está começando a parecer um estilo Netflix, tem personagens com traços nítidos, cenários com bordas angulares, uma paleta de cores distinta (estilo "Klaus" outro da Netflix). Várias expressões faciais dos personagens principais parecem mais um mimetismo obediente do que um veículo conveniente para suas emoções.

 

O longa-metragem tem um bom material em mãos, mas entrega um filme muito barulhento e agitado. A história poderia ter sido menos. Ainda assim, essa animação Netflix tem uma emoção genuína, ela começa e termina muito bem, mas o seu recheio é uma bagunça barulhenta desnecessária.


Nota: 6




Comments


bottom of page