google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Minha Luta, Sua Luta Resenha

Atualizado: 22 de abr.

Minha Luta, Sua Luta Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: A biografia oficial de Ronda Rousey, maior lutadora feminina de MMA da história! No livro, a atual campeã invicta na categoria peso-galo feminino do UFC, medalhista olímpica e estrela de Holywood conta como foi seu tortuoso caminho até se tornar uma vencedora. Em 'Minha Luta, Sua Luta', Ronda não esconde assuntos polêmicos como o suicídio do pai ou seu interesse por álcool e drogas que desenvolveu após ficar com o bronze no judô nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Resenha: A história de Ronda Rousey, contada por ela mesma e escrita com a ajuda de sua irmã, a jornalista Maria Burns Ortiz, tem um enorme poder de cativar qualquer leitor. Eu tenho que confessar que não esperava muito dessa biografia, mas morde a língua, eu gostei demais desse livro e da história da lutadora.

O livro contém diversos elementos responsáveis por fazê-lo ser tão cativante, como as dificuldades enfrentadas, as fraquezas, os medos, os desejos, os fracassos e as vitórias. Ronda Rousey relata sua vida de um modo muito sincero, ela mesma tira sua máscara de heroína e deixa transparecer seu lado humano.

Eu não curto muito nenhum tipo de esporte e MMA é um dos que menos gosto, mas conhecia a fama de Ronda, e me surpreendi ao saber que ela começou sua carreira no judô. Ela foi duas vezes atleta olímpica “Rowdy” Rousey, que foi a primeira mulher americana a ganhar uma medalha olímpica no judô (em Pequim em 2008). Uma boa parte do livro é sobre esse período no judô.

Rousey compartilha lições duramente conquistadas sobre como ser o melhor no que você faz, incluindo como encontrar satisfação nos sacrifícios, como transformar limitações em oportunidades e como ser o melhor no seu pior dia. Eu confesso que durante a leitura achei a atitude da atleta bem "exagerada". Lutar com o pé quebrado, ou até mesmo com pontos no pé devido a uma mordida de cachorro, são algumas das histórias que ela compartilha que me deixaram de boca aberta, é assustador a força de vontade e disciplina dessa lutadora.

'Minha Luta, Sua Luta' traz a narrativa de uma verdadeira heroína, mas também de uma vilã. Não é só de conquistas e vitórias que enchem as páginas desse livro, Ronda Rousey dividi suas perdas, o suicídio do pai, a sua relação com a mãe (que eu achei uma relação bem estranha) e seu dedo podre para namorados. Aqui não há uma supervalorização heroica, a lutadora sabe descer de pódio e se apresentar com uma pessoa comum que também comete erros.

O livro é muito longo, ele poderia ter sido umas 50 páginas mais curto. A biografia é bem direta e um pouco repetitiva. Ronda Rousey é uma guerreira e um modelo feroz, um de seus conselhos mais úteis é sentir raiva, não tristeza, depois de uma perda. Ela incentiva os aspirantes a atletas de elite a estabelecer metas e ficar obcecada em elevá-las.


Nota: 8


Comments


bottom of page