google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Magnetar Resenha

Atualizado: 21 de out. de 2023


Magnetar Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: O Astronauta, personagem que singra o espaço sideral sozinho em sua nave há anos, visita uma galáxia distante para estudar um magnetar, uma estrela de nêutrons que possui um campo magnético estimado em 1 bilhão de teslas, mas ele comete um erro que pode custar sua vida. Agora, com a nave danificada e sem comunicação, ele está “náufrago no espaço” e precisa encontrar uma forma de escapar antes de ser derrotado pela insanidade que insiste em tomar sua mente e a saída pode estar em aliar a tecnologia aos ensinamentos de seu velho avô, há tanto tempo falecido.

Resenha: Eu confesso que pulava as histórias do Astronauta nos gibis da Turma da Mônica, ele não era o meu personagem preferido (risos). Eu achava as histórias muito sem graça, só a roupa do Astronauta que eu achava engraçada, mas Danilo Beyruth veio com sua releitura do personagem e me fez mudar totalmente de opinião. O personagem sempre teve essa dualidade de trabalhar no espaço e viver longe de casa, Maurício de Souza sempre explorou isso. Apesar de não ser o meu personagem preferido, ele tem uma trama muito profunda e interessante, o autor Danilo Beyruth soube aproveitar isso.

Danilo Beyruth consegue prender o leitor do começo ao fim, a maior parte do tempo o Astronauta é o único personagem em cena. Nem todo mundo consegue organizar uma história sobre um indivíduo isolado sem se tornar entediante ou repetitiva, mas isso não acontece aqui e ainda ajuda a deixar a história mais intimista.

O autor consegue passar profundidade ao abordar a solidão, sem perder a fascinante complexidade do cosmos. Em 'Magnetar' vemos de uma maneira muito bem retratada toda a solidão do Astronauta e a falta que ele sente da Ritinha, sua ex-namorada, e relembrando momentos com seu avô, ele vai da paranóia a salvação, passando por muito momentos dolorosos e de descobrimento.

O traço é bonito, cuidadoso e muito mais elaborado comparado com o estilo infantil do Maurício de Souza. A arte de Danilo Beyruth são sensacionais, entretanto a história é um pouco parada, por vezes exagerando nas explicações científicas, mas não acho isso um erro fatal e de longe não estraga a experiência da leitura. Por ser uma história curta, de pouco mais de 70 páginas, eu achei o roteiro muito bem explorado.

O lado científico da história também é muito bem usado e explorado e obviamente que houve algumas "licença poética" sobre o assunto. Danilo Beyruth teve que fazer uma pesquisa muito aprofundada em Astrofísica para nos contar essa história, inclusive o título dessa graphic MSP foi sugerido por um astrônomo entrevistado pelo autor, mas Danilo Beyruth teve que modificar muita coisa de seus estudos para deixar o tema mais fictício e com isso fazer a trama andar.

'Magnetar' explora a solidão, mas também traz alguns momentos de paranoia do personagem, trazendo até alguns elementos de terror para arte do quadrinhos. Os momentos de lembranças do Astronauta são retratados sempre como se ele estivesse em um sonho, trazendo um ar mais fantasioso.

'Magnetar' é uma ótima aventura, roteiro simples e bem aproveitado, traços e cores maravilhosos e a "repaginada" do personagem ficou ótima sem tirar sua excelência. A história se desenvolve com harmonia e fluidez. Se você não curtia muito o personagem na infância, assim como eu, vale muito apena você conferir 'Magnetar', aqui eu entendi a profundidade do personagem e sua mensagem. Siga seus próprios caminhos, mas nunca se esqueça de quem lhe apoiou e andou com você até chegar onde está, sem bases não podemos crescer como queremos. Magnetar Resenha


Nota: 9


Comprando com o meu link, você ajudará na permanência do meu trabalho.


bottom of page