google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Liga da Justiça Crítica

Liga da Justiça Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS

 

Crítica: Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman, Bruce Wayne convoca sua nova aliada Diana Prince para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.

 

Sinopse: A 'Liga da Justiça' é uma bagunça tão mal orientada que você torce para Marvel comprar a DC, só para eles arrumarem toda essa confusão. A Marvel também passou por momentos baixos, o gênero super heróis é algo novo, não se sabe o tom e como fazer tudo isso, mas 'Thor: Ragnarok' consegui colocar o estilo nos trilhos; colorido, para as crianças e bom humor, mas a DC está relutante em aprender com os erros.

 

Se você  não tem uma noção clara de como construir uma dessas franquias de uma forma funcional, muito menos interessante, talvez seja hora de parar e pensar. Em 'Liga da Justiça' não há uma visão, nenhuma linha narrativa convincente ou mesmo coerente; nenhum sentimento, ou consideração, o filme infelizmente é fraco demais.

 

Ao assistir ao filme você deverá enfrentar gráficos de computador fracos, muitas faíscas vermelhas por toda parte, esqueletos voadores acompanhando o vilão Lobo da Estepe, que deveria ser imponente e causar medo, mas não passa de uma coisa boba. Os efeitos especiais são uma verdadeira decepção.

 

A ação é ruim, ela é em grande parte lamacenta e confusa, uma confusão giratória de corpos gerados por computador zunindo rápido demais para ter qualquer noção de seu peso ou impacto.

 

O roteiro não é interessante, os roteiristas estão perdidos para inventar alguma coisa nova, algum elemento mais rico ou profundo, alguma tangente interessante, e então eles simplesmente fazem do mesmo, sobre essa história muito simples e enfadonha que dura uma eternidade.

 

Não há como contar a história, pois não há história, juntar heróis para derrotar um supervilão é mais que clichê, é preguiça. Um grupo é formado e depois há uma batalha para salvar o mundo, é isso tudo com o diretor Zack Snyder, uma material genérico.

 

Há outro problema no roteiro, o filme precisa explicar as origens de Aquaman, Flash e Cyborg e isso significa que não há tempo para fazer o vilão da 'Liga da Justiça' parecer remotamente assustador, ou para desenvolver seu plano demoníaco em algo mais interessante do que "destruir o mundo", bem os heróis, devem se contentar com suas tramas boiando no raso mesmo.

 

Dos artistas principais, apenas Gal Gadot é legal de assistir, na verdade, acho que o tom mais leve do filme se deve mais ao enorme sucesso da 'Mulher Maravilha', que ousou abraçar o altruísmo e a bondade de sua personagem e ficou muito melhor com isso.

 

Snyder e Whedon guiam tudo com uma mão pesada e com um estilo visual sombrio e extravagante, isso quer dizer que temos uma iluminação péssima e atores em trajes horríveis. Não a trama, não desenvolvimento, muito CGI mediano um filme excessivamente escuro, péssimas atuações e uma ação ruim, nada funciona aqui, 'Liga da Justiça' é um filme que deveria ser refeito. 

 

Nota: 4



Comments


bottom of page