google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

A Marvel Comics emite comunicado negando envolvimento de Kevin Feige na morte de Ms. Marvel

A Marvel Comics emite comunicado negando envolvimento de Kevin Feige na morte de Ms. Marvel

A Marvel negou um rumor de que Kevin Feige estava envolvido com a decisão de matar Kamala Khan e sinergizar a personagem com o MCU. Feige, que há muito tempo atua como presidente da Marvel Studios, foi nomeado diretor criativo da Marvel em 2019, colocando-o no comando da direção criativa geral da Marvel em todos os meios, incluindo cinema, TV e animação, e publicação. Mas porta-vozes da Marvel Comics e da Marvel Studios emitiram comunicados refutando as alegações de que Feige solicitou o enredo dos quadrinhos, que viu Kamala morrer heroicamente nas páginas de "Amazing Spider-Man" n°26.


O Universo Marvel lamentou a morte de Kamala em "Fallen Friend: The Death of Ms. Marvel" n°1, que chegou às bancas em julho. Apenas duas semanas depois, em "X-Men: Hellfire Gala 2023" n°1, ressuscitaram Kamala usando tecnologia mutante, e a edição revelou que ela é mutante e inumana. Kamala então, se juntou aos X-Men e encabeçou sua própria HQ, "Ms. Marvel: The New Mutant", co-escrita por Iman Vellani.


O roteirista de "Miles Morales: Spider-Man", Cody Ziglar, contou no podcast Amazing Spider Talk como o co-roteirista de "As Marvel" e atual roteirista de "Amazing Spider-Man", Zeb Wells, foi encarregado de matar Kamala, supostamente a pedido de Feige.


"[Wells] havia me dito meses antes do plano de Feige, que era tipo, 'Ei, eu não faço isso com muita frequência, mas, você pode, por favor, fazer isso para tornar as coisas alinhadas com a Marvel porque temos algumas coisas que queremos fazer com Kamala'. Então [Wells] estava tipo, 'P***a, eu sou o cara que vai 'tirar a palha curta'? As pessoas vão ficar muito loucas por eu ter que matar a Ms. Marvel.'", disse Ziglar.


O Gizmodo relata que um porta-voz da Marvel Comics "negou categoricamente" o rumor e acrescentou que a morte e ressurreição de Kamala como mutante foi uma "decisão explicitamente editorial", planejada muito antes de "Amazing Spider-Man" n°26. Um comunicado separado da Marvel Studios também negou o envolvimento de Feige na decisão.


A série do Disney+ "Ms. Marvel" terminou com a revelação de que Kamala do MCU é uma mutante, e não uma Inumana como nos quadrinhos. No entanto, Sana Amanat - cocriadora de Kamala e produtora executiva de "Ms. Marvel" - revelou em 2022 que os planos originais para a HQ Kamala a previam como uma mutante em 2013. Como ela foi criada em um momento em que a Marvel estava minimizando os X-Men e outros personagens (na época) controlados pela Fox em favor de empurrar os Inumanos, levaria mais uma década até que a Marvel Comics pudesse reformular Ms. Marvel como uma mutante.


Comments


bottom of page