google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Pesquisa no Reino Unido mostra que mais de um quarto dos leitores do gênero Jovem Adulto tem mais de 28 anos

Pesquisa no Reino Unido mostra que mais de um quarto dos leitores do gênero Jovem Adulto tem mais de 28 anos

Ficções para jovens adultos como "Jogos Vorazes" e as graphic novels "Heartstopper" podem ser destinadas a adolescentes, mas uma nova pesquisa mostrou que mais de um quarto dos leitores de YA (Young Adult/Jovem Adulto) no Reino Unido têm mais de 28 anos.


Uma pesquisa encomendada pela editora HarperCollins, em colaboração com a Nielsen Book, provedora de dados da indústria do livro do Reino Unido, sugere que um número crescente de leitores adultos tem lido ficção YA desde 2019. De acordo com o relatório, 74% dos leitores YA eram adultos e 28% tinham mais de 28 anos. A pesquisa sugere que isso se deve a mudanças comportamentais descritas como "idade adulta emergente": jovens crescendo mais lentamente e atrasando a vida "adulta". Os sentimentos de instabilidade e "entremeios" que isso pode causar levaram os jovens adultos a buscar consolo na ficção para jovens adultos – e para alguns esses livros continuam sendo uma fonte de conforto à medida que envelhecem.


De acordo com o relatório da HarperCollins, a associação entre leitura por prazer e bem-estar reflete-se na crescente popularidade dos livros para jovens adultos, "com leitores de todas as idades a recorrerem cada vez mais ao YA como fonte de conforto, nostalgia e autocuidado".


A pesquisa também mostrou que 29% dos jovens de 14 a 25 anos "pensam fortemente em si mesmos como leitores", com muitos desses jovens optando por construir uma identidade em torno de livros online, em plataformas como TikTok e Instagram. Dos jovens inquiridos que responderam "muito verdadeiro" à afirmação "penso em mim como leitor", 40% descreveram-se como "muito felizes". Em contrapartida, 21% dos que não se consideravam leitores se descreveram como "muito felizes".


Embora a maioria dos jovens entrevistados tenha dito que reconhece e experimenta os benefícios da leitura, a pesquisa mostrou que apenas 16% dos jovens de 14 a 25 anos leem diariamente ou quase todos os dias por prazer. Meninos entre 14 e 17 anos eram mais propensos a se desengajar da leitura, com 38% dizendo que raramente ou nunca leem por prazer. Mais da metade dos meninos (55%) e meninas (63%) disseram que tinham muito trabalho escolar para ler livros por diversão.


Comments


bottom of page