google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Inferno Resenha

Atualizado: 6 de mai.

Inferno Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: No meio da noite, o renomado simbologista Robert Langdon acorda de um pesadelo, num hospital. Desorientado e com um ferimento à bala na cabeça, ele não tem a menor ideia de como foi parar ali. Ao olhar pela janela e reconhecer a silhueta do Palazzo Vecchio, em Florença, Langdon tem um choque. Ele nem se lembra de ter deixado os Estados Unidos. Na verdade, não tem nenhuma recordação das últimas 36 horas.

Resenha: Quando um novo atentado contra a sua vida acontece dentro do hospital, Langdon se vê obrigado a fugir e, para isso, conta apenas com a ajuda da jovem médica Sienna Brooks. De posse de um macabro objeto que Sienna encontrou no paletó de Langdon, os dois têm que seguir uma série inquietante de códigos criada por uma mente brilhante, obcecada tanto pelo fim do mundo quanto por uma das maiores obras-primas literárias de todos os tempos: A Divina Comédia, de Dante Alighieri.

'Inferno' tem tudo o que você esperaria de um romance de Dan Brown: montes de histórias, enigmas escondidos nas obras de arte mais famosas do mundo, ação em ritmo acelerado e situações completamente irreais que fica até difícil apertar o botão da descrença.

O livro já começa com Robert Langdon com um ferimento de bala na cabeça não se lembrando de nada, mas ele vai conseguir fugir de outro atentado, vai lembrar de coisas assim que a história exigir e pessoas irão ajudá-lo, porque faz total sentido comprar briga de uma pessoa sem memória e com um tiro na cabeça. Simplesmente não deu para comprar a ideia de 'Inferno'

Eu acho que vou morrer não gostando do formato padronizado de Dan Brown, como sua escrita empobrece a obra. Eu estou lendo a série de Robert Langdon um seguido do outro, eu vou ter que parar por um tempo, pois 'Inferno' ofereceu uma história muito chata, esse para mim, foi o volume que menos gostei de toda a série.

A obra baseia o seu mistério na obra 'Divina Comédia' de Dante e em todas as obras de arte inspiradas derivadas desse clássico literário. Também se encaixando na vida de Dante e várias outras figuras históricas importantes, fez uma caça ao tesouro emocionante e muito intrigante. Eu sempre gosto do porquê Dan Brown combina fato com ficção, enquanto incorpora um cenário de ciência e tecnologia modernas.

Em 'Inferno', Dan Brown faz muitas descrições, que definitivamente poderiam ter sido reduzidas ou até mesmo encurtadas. Embora a história por trás dos locais e peças seja interessante, suas descrições físicas tendem a se prolongar por muito tempo.

O livro assim como os anteriores, parece que saiu de dentro de um estúdio Hollywoodiano, mais uma vez o autor entrega um ótimo roteiro cinematográfico. Os personagens super superficiais e formatados para as grandes telas. Dan Brown faz o leitor viajar pela Itália, com sua narrativa cheia de ação e muita correria como sempre, a viagem até que vale a pena.


Nota: 4


Comentarios


bottom of page