google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Gato de Botas 2: O Último Pedido Crítica

Gato de Botas 2 O Último Pedido crítica filme cinema longa-metragem crítica de filme crítica de cinema

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: O Gatos de Botas descobre que sua paixão por aventura teve um preço: ele já gastou oito das suas nove vidas. Por causa disso, o Gato embarca em uma jornada épica para envolver o místico Último Desejo para restaurar suas nove vidas.

 

Crítica: O paradoxo inerentemente sedutor do gatinho fanfarrão do universo de "Shrek" permanece firme 11 anos após seu primeiro longa solo. Ele é um aventureiro arrojado, um encantador com as damas, temido e renomado em toda a terra. O carismático gatinho volta em "Gato de Botas 2: O Último Pedido" como tom certo ao explorar os lados suaves e bobos dessa figura animada peluda.

 

O filme é dirigido por Joel Crawford com co-direção de Januel Mercado, a partir de um roteiro escrito por Paul Fisher, e estrela as vozes de Antonio Banderas, Salma Hayek e Kitty Softpaws, respectivamente ao lado de Olivia Colman, Harvey Guillén, Samson Kayo, Wagner Moura, Anthony Mendez, John Mulaney, Florence Pugh, Da'Vine Joy Randolph e Ray Winstone.

 

A estética do filme é cheio cores vibrantes e texturas ricas. Do musgo crescendo em um temível gigante da floresta à sedosidade brilhante dos bigodes de Gato, "Gato de Botas: O Último Pedido" oferece uma variedade de detalhes de encher os olhos. Frequentemente o filme apresenta sombras dramáticas e dissoluções sutis para a transição do passado para o presente ou de uma cena para a outra.

 

Dirigido por Joel Crawford, com Januel Mercardo como co-diretor, "Gato de Botas: O Último Pedido" tem boas piadas o suficiente para manter qualquer espectador se divertindo durante o longa-metragem. A animação é exatamente o que você precisa que ela seja, ela evita muito da anarquia frenética de muitos filmes infantis que confundem caos com emoção.

 

O sempre confiante Gato fica abalado ao descobrir que esgotou oito de suas nove vidas e pela primeira vez, começou a se preocupar com a própria morte. O tema pode parecer um pouco amargo para uma comédia animada infantil. Esse Gato flerta com algo mais profundo, reconhecendo que tem uma vida para viver e precisar dos outros é uma grande parte disso.

 

"Gato de Botas: O Último Pedido" consegue transmitir sua mensagem de uma forma que não pareça pesada ou enjoativa. As performances de voz estelares e visuais deslumbrantes mantêm as coisas envolventes. No final, temos muita ação e momentos doce, temos o suficiente para tirar essa animação do mundo "genérico".

 

Nota: 7




Comments


bottom of page