google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Extraordinário Resenha

Atualizado: 24 de abr.

Extraordinário Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Resenha: Ainda nos dias de hoje é possível esbarrar no preconceito, às vezes parece até impossível acreditar em mudança, mas uma história tão simples e envolvente como 'Extraordinário', traz uma esperança de que acreditar em si e enfrentar as situações cara a cara, pode acontecer as mudanças da qual queremos e precisamos mudar.

A narrativa em primeira pessoa de 'Extraordinário' é ótima e a autora R. J. Palacio opta por trazer capítulos curtos para contar diversos episódios da vida de Auggie. O livro possui uma linguagem simples que reflete exatamente a idade do personagem. É um bom livro para as crianças e pré-adolescentes, eu acredito que a criançada se identificará com o texto, por terem vivido ou vivenciado algo parecido.

A história não se concentra somente na visão de Auggie, também temos a narrativa de sua irmã, Olivia, de alguns de seus colegas de escola, entre outros personagens. O leitor consegue entender o sentimento de várias pessoas que orbitam a vida de Auggie, suas impressões sobre o garoto e sua condição e principalmente o impacto e transformação que ele causa em suas vidas. A escolha de vários pontos de vista só enriquece a leitura da história.

'Extraordinário', apesar de ser bem objetivo, oferece um bom desenvolvimento de personagem e história. No início Auggie se comparava a todos os garotos de sua idade e ficava muito chateado com os comentários e olhares maldosos. No decorrer da história Auggie, ganha o coração de muitos e faz grandes amizades. Possuindo uma relação admirável com os pais, a irmã e os amigos Summer e Jack Will, August é um garoto consciente, compreensível e com o decorrer do livro só fica cada vez mais maduro e o leitor mais apaixonado por ele.

Os personagens secundários também têm dilemas próprios desenvolvidos. A irmã de Auggie, sente a dor de ter sido deixada de lado a vida toda. Ela sabe que August precisa de mais atenção e causa mais aflição em seus pais, mas a garota inevitavelmente sente a mágoa de nunca ser a prioridade da família. O novo amigo de Auggie na escola, Jack, gosta muito de Auggie, mas a pressão externa faz com que ele cometa alguns erros na amizade dos dois.

O livro tem momentos de muito carinho e amor, mas há algumas partes bem tensas, principalmente para descrever o bullying, mas é descrito de uma maneira leve. É justamente essa situação e as diversas versões da história de Auggie, que R. J. Palacio se propõe em entregar reflexões de amadurecimento e a busca por redenção.

'Extraordinário' é cheio de significado e simplicidade, além da história emocionante, o livro traz uma escrita leve e deliciosa, que arranca sorrisos, suspiros e lágrimas. É uma obra que fala de amizade e de amadurecimento de uma maneira doce e relevante.

A história trazida com o livro é de grande importância para mudarmos a concepção de como tratamos as pessoas ao nosso redor e de como lidarmos em determinadas situações. A grande mensagem a ser passada não é só respeitar as diferenças, mas também inspirar os pequenos leitores a exercerem empatia.

Nota: 7


Comments


bottom of page