google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Estou Pensando em Acabar com Tudo Crítica

Atualizado: há 2 horas

Estou Pensando em Acabar com Tudo Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.


Sinopse: Um homem leva sua namorada para viajar para conhecer seus pais. Porém, um desvio inesperado transforma a viagem do casal numa jornada terrível rumo a fragilidade psicológica e pura tensão.


Crítica: 'Estou Pensando em Acabar com Tudo' foi adaptado por Kaufman do romance do escritor canadense Iain Reid e é realmente assustador de uma forma que filmes de terror convencionais realmente não são. O filme é inquietante, ainda de alguma forma, oferece momentos comoventes e tristes, um humor secundário que finalmente, emerge inexplicavelmente de uma rapsódia interminável de estranheza sem direção.


Charlie Kaufman prova mais uma vez que se você quer algo que o faça se sentir preso em um pesadelo claustrofóbico aterrorizante para todo o sempre, esse é o filme. O design de produção de Molly Hughes e a cinematografia de Łukasz Żal também são vitais na fabricação deste mundo.


Kaufman está tentando encontrar uma abordagem narrativa que vá além do simples enredo, transmitindo a solidão e a relativa estagnação da existência humana. Em muitos níveis, é um trabalho ousado e brilhante, intransigente em sua escuridão e caracterizado por atuações rigorosamente comprometidas de um elenco principal excelente.


'Estou Pensando em Acabar com Tudo' não é um filme que deva ser observado enquanto se distrai com o telefone. O longa exige atenção para permitir que sua linguagem penetre seus sentimentos, se não ele realmente não funcionará. Muita gente não entendeu o filme, mas ele não é tão incompreensível assim, se você ainda não o assistiu, preste atenção aos detalhes e às esquisitices.


Eu acho que é um filme que desafia uma classificação simples. Em um momento de isolamento social que toda a humanidade vem passando, o que deixou muitos de nós com a sensação de que a vida está avançando sem nós, este recurso extremamente desafiador da Netflix é o filme perfeito para nosso momento atual ou a última coisa que precisamos experimentar.


Nota 9



bottom of page