google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Cem dias entre o Céu e o Mar Resenha

Atualizado: 11 de fev.

Cem dias entre o Céu e o Mar Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: Navegando ao lado dos peixes, entretendo conversas com gaivotas e tubarões, remando no meio de uma creche de baleias, Cem dias entre céu e mar é o relato de uma travessia absolutamente incomum: mais de 3500 milhas (cerca de 6500 quilômetros) desde o porto de Lüderitz, no sul da África, até a praia da Espera no litoral baiano, a bordo de um minúsculo barco a remo. Verdadeira odisséia moderna, neste livro Amyr Klink transporta o leitor para a superfície ora cinzenta, ora azulada do Atlântico Sul, tornando-o cúmplice de suas alegrias e seus temores, ao mesmo tempo em que narra, passo a passo, os preparativos, as lutas, os obstáculos e os presságios que cercaram a extraordinária viagem.

Resenha: Preciso explicar que este livro é real e não fictício, eu li muitos comentários por aí que não sabem a história de Amyr Klink. Amyr ficou conhecido por suas expedições marítimas. O primeiro feito a ser amplamente divulgado ocorreu entre 12 de junho a 19 de setembro de 1984, quando, em cem dias, realizou a travessia solitária em um barco a remo no oceano Atlântico. Foi um percurso de sete mil quilômetros entre Lüderitz, na Namíbia (África) e Salvador, na Bahia, percorrido em solitário por Amyr.

'Cem dias entre o Céu e o Mar' conta sobre a aventura Amyr Klink, porém o livro vai além falando sobre determinação, crescimento pessoal e profissional e mostra que é possível realizar um sonho. Ao ler esse livro, eu me senti parte da hist￳ria, de toda a aventura e do trabalho duro.

Amyr Klink remava por 8 horas, com intervalos, geralmente para beber água, fazer as refeições e descansar, mas nesse tempo ele também observava e conversava com os novos amigos mais pr￳ximos, as baleias, peixes, tartarugas e tubar￵es.

Nem todos os dias eram apenas de tranquilidade e trabalho, mas em nenhum momento Amyr pensou em desistir. Mesmo com as tempestades, algumas falhas na comunicação e cálculos sem precisões, o mesmo foi forte para seguir até o seu objetivo.

O livro tem uma escrita muito gostosa e tem aquela vibe poética, eu recomendo vocês ouvirem o audiolivro junto com a leitura, pois é narrado pelo pró￳prio Amyr Klink. Atmosfera que o livro trás é de solitude, vemos um homem realizando um sonho e sua pró￳pria companhia, ele cumpre o seu objetivo sozinho. 'Cem dias entre o Céu e o Mar' é muito gostoso de ler, onde oferece uma histó￳ria sensacional, tanto a aventura como o crescimento pessoal de Amyr Klink. Quem gosta de mar vai adorar esse livro.


Nota 9


bottom of page