google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Até mais, e Obrigado pelos Peixes! Resenha

Atualizado: 19 de out. de 2023


Até mais, e Obrigado pelos Peixes! Resenha

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.


Sinopse: Depois de viajar pelo Universo, ver o aniquilamento da Terra, participar de guerras interestelares e conhecer as mais extraordinárias criaturas, Arthur está de volta ao seu planeta. Tudo parece igual, mas ele descobre que algo muito estranho aconteceu na sua ausência. Curioso com o fato é apaixonado por uma garota tão estranha quanto o que quer que tenha acontecido, ele parte em busca de uma explicação.


Resenha: Neste quarto volume Arthur ganha destaque quase que exclusivo com sua volta à terra que aparentemente está intacta, sim ela tinha sido destruída, mas agora ela foi reconstruída, como? Não sabemos, mas foi! E a coisa fica mais estranha, quando ficamos sabendo que os golfinhos tinham abandonado a Terra, mas não retornaram quando ela foi reconstruída. Isso tudo soa sem perna e cabeça, mas quem leu os volumes anteriores já está bem acostumado com a história meio "sem noção" de Douglas Adams.


Neste volume vamos acompanhar um romance de Arthur, confesso para vocês que não gostei. Fenchurch é o interesse amoroso de Arthur e ela também desenvolverá uma função muito importante para a nova fase de Arthur na Terra. O romance foi legal para desenvolver melhor o personagem de Arthur, que até então achávamos que ele só era um ranzinza, esta evolução foi muito interessante.


Mas a personagem Fenchurch dá a impressão de ser meio louca, não gostei muito da personagem e muito menos como um interesse amoroso de Arthur. E falando de personagens outras coisas me desapontaram neste volume. Zaphod e Trillian (que vale lembrar, era o antigo amor de Arthur) não aparecem no livro, só são mencionados. Ford e Marvin fazem uma breve aparição em pouquíssimos capítulos.


Galera de todos os volumes este foi o que eu menos gostei. Para ler e entender 'O Guia do Mochileiro das Galáxias: Até mais, e Obrigado pelos Peixes!' tem que ler os outros volumes, não tem como. A genialidade de Douglas Adams ainda é perceptível e a profundidade dada ao personagem Arthur, são elementos que deixam este livro interessante de ler, de resto, tudo foi bem sem graça de acompanhar. Até mais e Obrigado pelos Peixes! Resenha

Nota: 6


Comprando com o meu link, você ajudará na permanência do meu trabalho.

bottom of page