google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

Aniquilação Crítica

Aniquilação Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: Uma bióloga (Natalie Portman) se junta a uma expedição secreta com outras três mulheres em uma região conhecida como "Área X", um local isolado da civilização onde as leis da natureza não se aplicam. Lá, ela precisa lidar com uma misteriosa contaminação, um animal mortal e ainda procurar por pistas de colegas que desapareceram, incluindo seu marido (Oscar Isaac).

 

Crítica: 'Aniquilação' é um filme baseado no livro de mesmo nome escrito por Jeff VanderMeer. 'Aniquilação' tem uma história de vida muito interessante. Produzido com orçamento de 40 milhões de dólares aproximadamente, sua produção concluída há mais de dois anos, a Paramount não arriscou lançar o filme nos cinemas, o motivo? Ela achou o filme "intelectual" e "complicado" demais. Pois bem, com os direitos vendidos para a Netflix, 'Aniquilação' entra para o catálogo, como o melhor filme da Netflix até agora.

 

Tudo bem que o estúdio tem seus motivos, afinal ele foi massacrado pelo "complicado" e "intelectual" demais filme "Mãe!". Afinal, não podemos esquecer que os estúdios cinematográficos precisam de dinheiro para se manter, hoje mais do que nunca, eles vivem do faturamento da bilheteria de seus filmes. Refletindo sobre esse contexto, é triste que as salas de cinema tenham se tornado algo tão limitado em inteligência.

 

'Aniquilação' bebe da fonte "dos adolescentes curiosos em busca de perigo do desconhecido", mas se engana você que acha que este filme se torna algo genérico, ele está bem longe disso. Aqui os personagens são inteligentes, que agem de forma inteligente, isso já é prova de que ele não é genérico, já que normalmente, filmes de terror são formados por pessoas extremamente burras. Está aí mais um diferencial de 'Aniquilação' ele é incomum e refrescante.

 

O filme é inteligente, mas ele não sacrifica sua inteligência para mostrar seu suspense. E 'Aniquilação' ganha mais um ponto positivo por isso, ele é bem construído e desprovido de exposições desnecessárias. Há uma cena específica com um urso, que para mim, foi uma das melhores cenas de suspense que já vi na vida, ou pelo menos vai entrar para o meu top 10!

 

'Aniquilação' é um filme de mulheres em missão, e nisso, o filme trouxe um frescor também, já que não é tão comum os filmes (acredito que de qualquer gênero) tragam mulheres na liderança, no filme essas mulheres brilham e brilham muito e o principal, elas conseguem sustentar a trama. Não escrevo isso duvidando da capacidade feminina de liderar um filme, longe disso, mas esse filme tem uma boa importância na quebra de tabus.

 

Sobre mulheres fortes e fantásticas, primeiro começo citando as personagens que este filme trouxe. Elas são conturbadas e cheias de traumas em um grau ou outro e é por isso, que todas concordam em entrar, no que muitos pensam, ser outra missão suicida. O grande trunfo deste filme, talvez, pode ser atribuído ao fato destes personagens serem muito humanos. Elas não tem super forças para lutar com monstros no pântano, elas não tem coragem o suficiente para enfrentar o medo da noite, elas têm fraquezas, elas são assim como qualquer outra pessoa que você encontrar na rua.

 

E em segundo, o brilhante elenco. É difícil falar sobre o elenco já que todas estão incrivelmente perfeitas. Natalie Portman é feroz e forte com sua personagem dentro da "Área X", mas também mostra seu lado doce e sexy com o seu marido em flashback do casal. Leight é outra perfeita, vivendo uma psicóloga secreta e difícil de ler. Enfim, o filme também é um show de atuação, além de tudo.

 

'Aniquilação' transita entre os gêneros e influências. Se os primeiros momentos do filme evocam lembranças de ficção científica, assim que os personagens se aventuram dentro da "Área X", o filme anda pelo suspense e o horror. Não é um filme de terror como tal, mas Alex Garland aumenta a tensão enquanto o grupo se aventura mais perto de seu objetivo, é tudo orquestrado, os gêneros são na medida certa. Alex Garland não fez um filme sobre um tipo de gênero, mas utilizou de gêneros cinematográficos para recontar uma história, isso foi inteligente.

 

Dentro da "Área X" encontramos bestas mutantes vagando pelos pântanos, restos humanos retorcidos se escondem nas sombras e a confiança dos membros do esquadrão é esticada até seus limites. Nada disso é transmitido com sombra e escuridão, muito pelo contrário, dentro da bolha, o mundo é fantasioso e colorido, trazendo uma atmosfera, até certo ponto, mágica. O mundo dentro da zona contaminada é alternadamente horripilante e belo, aqui podemos dar outro ponto positivo para o filme ao desconstruir o horror.

 

Os efeitos especiais são sutis, em alguns momentos eles impactam com suas doses de horror e suspense, e outros momentos os efeitos são poéticos e bonitos, principalmente dentro da "Área X" onde o mundo tem uma atmosfera mística e mágica, os efeitos especiais de 'Aniquilação' também são usados de forma inteligente, na dosagem certa e pelo objetivo certo.

 

A trilha sonora, assim como os efeitos especiais, somaram com o filme. Ela sabe criar o suspense e trazer o místico em sua melodia. A trilha sabe conduzir o momento para onde ele deve ir, consegue prender e reforçar a intensidade do momento. Ao ouvir as faixas do CD, é possível perceber a típica sonoridade do suspense, com aqueles elementos de filmes épicos ou até mesmo fantasiosos. A música também brincou com os gêneros musicais do horror, suspense e magia, assim como o próprio 'Aniquilação'.

 

Todo lado científico do filme é explicado com muita simplicidade e objetividade, nada de diálogos "super nerd" da qual não entendemos nada. A ficção científica é tratada sem chatice. Alex Garland criou um filme que aborda questões tão pesadas e sensíveis quanto a depressão, a tristeza e a propensão humana à autodestruição. O filme é completo, muito interessante e uma ficção científica poética.

 

Se você gosta de cinema como algo para seu entretenimento e divertimento, continue assim... Mas desafio você a ser mais inteligente. Lembre-se de que o cinema é arte, não o consuma somente como algo comercial, mas também como arte. 'Aniquilação' foi um filme que não estreou nos cinemas por ser "intelectual" demais, isso é algo preocupante. Permitam seus cérebros descansarem, mas jamais deixem de usá-lo!

 

'Aniquilação' é um filme inteligente que faz grandes perguntas e se recusa a fornecer respostas fáceis, o longa deve ser assistido de mente aberta. O cineasta Alex Garland é engenhoso e cria um mundo único com temas sobre moléculas, psicologia, metafísico e algo celestial. A mistura do filme 'Aniquilação' é deslumbrante e desorientadora.

 

Nota: 8




Comments


bottom of page