google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

A Vida Extraordinária de David Copperfield Crítica

A Vida Extraordinária de David Copperfield Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

 

Sinopse: Esta é a história de David Copperfield, desde uma infância infeliz e cheia de adversidades, até à idade adulta, quando se reconhece como escritor e contador de histórias. Ao longo da vida, o seu destino vai cruzar-se com o de várias personagens marcantes.

 

Crítica: Em seu terceiro filme como diretor, Iannucci voltou-se para o romance autobiográfico de Dickens com o mesmo zelo que antes reservava para a paródia política. 'A Vida Extraordinária de David Copperfield' é um dos dramas de fantasia vitorianos mais animados, coloridos e extravagantes que você provavelmente verá.

 

Iannucci, famoso por seu estilo de improvisação e barragens carregadas de palavrões, claramente encontra em Dickens um escritor simpático no gosto pela linguagem e gosto por multidões. Em muitos aspectos, eles combinam bem, com o estilo mais anárquico e livre de Iannucci que anima a sagacidade e a natureza do livro de Dickens.

 

Há muito a ser apreciado sobre o ritmo energético do filme, o elenco nunca falha em convencer. 'A Vida Extraordinária de David Copperfield' mantém seu tom otimista e caprichoso, deixando os momentos de drama muito fracos quando a história exige desses momentos uma carga mais pesada de drama.

 

Os ocasionais momentos turbulentos dão uma dica dos verdadeiros instintos de Iannucci espreitando logo abaixo do material, incluindo uma sequência contínua de embriaguez acelerada e coreografada como uma clássica sessão de pastelão e momentos onde os personagens se chocam com os sets desordenados. Só nos momentos finais o longa se inclina para a estranheza absoluta da história do personagem.

 

O filme tem um elenco distintamente multicultural, adicionam consideravelmente à vibração do filme, juntos fazendo um argumento bastante irrefutável para o elenco daltônico, para quem precisa de um.

 

Enquanto 'A Vida Extraordinária de David Copperfield' mantém um ritmo agitado e rápido enquanto corre pela vida de Copperfield, Iannucci e seu co-escritor Simon Blackwell organizam o filme em capítulos tão distintos que o filme parece mais uma litania de cenas do que o evolução dramática de um jovem.

 

Se o dom de Iannucci para a interação do conjunto tem um lado negativo, é situar o que pretende ser "uma história pessoal" menos da perspectiva da primeira pessoa de Copperfield. Você sai apreciando certas partes, em vez de sentir o alcance de uma história.

 

Armando Iannucci tem sido o rei reinante da sátira filmada por anos, mas com 'A Vida Extraordinária de David Copperfield', ele troca a sátira política vibrante por uma montagem confusa de conceitos caprichosos. A adaptação tem boas intenções de sobra, de um elenco liderado por Dev Patel em sua melhor forma, a uma cascata de transições de cena lúdicas. 'A Vida Extraordinária de David Copperfield' merecia trazer uma biografia mais firme.

 

Nota: 6




Comentários


bottom of page