google.com, pub-4979583935785984, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
  • Vinicius Monteiro

A Torre Negra Crítica

Atualizado: 5 de dez. de 2023


A Torre Negra Crítica

Esse texto pode conter possíveis SPOILERS.

Sinopse: Um pistoleiro chamado Roland Deschain (Idris Elba) percorre o mundo em busca da famosa Torre Negra, prédio mágico que está prestes a desaparecer. Essa busca envolve uma intensa perseguição ao poderoso Homem de Preto (Matthew McConaughey), passagens entre tempos diferentes, encontros intensos e confusões entre o real e o imaginário. Baseado na obra literária homônima de Stephen King.

Crítica: 'A Torre Negra' é uma adaptação complicada da série de livros de fantasia épica de Stephen King. Para um espectador que não leu os livros, o longa é desconcertante e frustrante. Embora Idris Elba seja um vigilante incrivelmente carismático, ele é principalmente um personagem secundário na história de um garoto profundamente desinteressante chamado Jake Chambers (Tom Taylor), que mora na cidade de Nova York e sofre de pesadelos recorrentes sobre Roland e o Homem em Preto e uma misteriosa torre.

Os homens e mulheres que criaram 'A Torre Negra' cometeram muitos erros, incluindo alguns catastróficos, mas fizeram uma coisa exatamente certa: escolheram Idris Elba como protagonista. Mesmo quando o filme ao seu redor é um absurdo total, é divertido assistir Idris Elba; o jeito que ele anda, o jeito que ele encara as pessoas com os olhos brilhando de intensidade.

Matthew McConaughey é um pesadelo, no bom sentido. Sua pele ultra-suave e estrutura óssea irregular imbuem cada close-up com o potencial de perigo. Enquanto isso, a performance de Taylor é simultaneamente madura e cheia de curiosidade.


As sequências de ação parecem apressadas, escuras e de muito movimento frenético. Os personagens não têm tempo para estabelecer conexões emocionais porque Nikolaj Arcel está movendo a imagem muito rapidamente.

Se os livros fossem adaptados para uma série em várias temporadas, poderia realmente ter uma chance de ser boa, especialmente se os produtores mantivessem o mesmo elenco, mas sem o diretor e o diretor de fotografia do filme. O roteiro combina elementos da história da série de sete livros em uma tigela, a estrutura aqui é uma bagunça total.

'A Torre Negra' me deixou confuso e muitas vezes muito irritado, mas não necessariamente entediado. É raro um filme tão complicado conseguir ser tão decididamente chato. Para sua sorte, desaparece da mente assim que termina. Dizia-se que 'A Torre Negra' era uma daquelas obras literárias infames que não podiam ser adaptadas, está afirmação está correta. A Torre Negra Crítica

Nota: 4

Comprando com o meu link, você ajudará na permanência do meu trabalho.

bottom of page